Trump e Putin discutem criação de zonas de segurança na Síria

Washington, 2 Mai 2017 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu homólogo russo, Vladimir Putin, discutiram nesta terça-feira a possibilidade de se criar zonas de segurança na Síria, durante uma "excelente conversa" por telefone, informou a Casa Branca.

Os dois presidentes também concordaram em que o conflito na Síria é "demasiado longo" e que "todas as partes devem fazer tudo ao seu alcance para acabar com a violência", revelou a presidência americana.

"Foi uma conversa excelente, e incluiu a discussão de zonas de segurança para se alcançar uma paz duradoura por razões humanitárias, entre outras", destacou a Casa Branca.

Simultaneamente, o Kremlin informou que os dois líderes concordaram na conveniência de intensificar o diálogo entre suas respectivas chancelarias para tratar de uma saída para a crise síria.

Durante a campanha eleitoral, Trump defendeu o início de uma nova fase nas relações com a Rússia, apesar de os dois países não conseguirem ocultar suas divergências fundamentais em temas críticos, como o conflito armado na Síria.

Os dois ministros de Relações Exteriores, Serguei Lavrov e Rex Tillerson, mantiveram uma reunião em Moscou no mês passado em que ambos trataram de definir um terreno comum para unificar ações.

Tillerson e Lavrov devem se encontrar novamente em 10 ou 11 de maio, durante uma reunião internacional sobre o Ártico, nos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos