Polícia alemã investiga possível assassinato "religioso" de afegã

Berlim, 3 Mai 2017 (AFP) - A polícia alemã anunciou nesta quarta-feira que investiga o assassinato de uma afegã, mãe de família, esfaqueada por possíveis razões "religiosas".

A vítima teria deixado o Islã e se convertido ao cristianismo.

O incidente ocorreu no último sábado em uma pequena cidade da Baviera (sul da Alemanha).

Um requerente de asilo afegão de 29 anos apunhalou em frente a um supermercado a mulher, de 38 anos, que morreu pouco depois em razão dos ferimentos.

O agressor foi internado em um hospital psiquiátrico, por apresentar um histórico de comportamento errático.

A polícia local afirmou nesta quarta-feira que investiga a pista de um crime religioso depois que a vítima, que chegou na Alemanha em 2011 e é mãe de dois filhos, se tornou cristã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos