Warren Buffett vê futuro sem carvão

Nova York, 7 Mai 2017 (AFP) - O magnata americano Warren Buffett considerou, neste sábado (6), que o carvão não tem muito futuro, posicionando-se no polo oposto ao do presidente Donald Trump, que quer relançar sua exploração nos Estados Unidos.

"O carvão vai continuar caindo. Não acredito que haja dúvidas a esse respeito", declarou Buffett, na tradicional assembleia geral de sua holding Berkshire Hathaway, em Omaha, no estado do Nebraska.

"Se você é uma empresa e está vinculada ao carvão, tem um problema", afirmou, diante de centenas de pessoas, respondendo a um acionista sobre o impacto do carvão na BNSF, uma filial de Berkshire Hathaway dedicada ao transporte.

O número de trabalhadores da indústria do carvão despencou de 862 mil, em 1923, para 81 mil, em 2016, de acordo com números oficiais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos