Polícia americana prende suspeito de nove homicídios

Washington, 9 Mai 2017 (AFP) - A polícia dos Estados Unidos acredita ter prendido um serial killer que semeou o terror em 2016 no estado do Arizona, quando disparou contra alvos escolhidos aleatoriamente, matando nove pessoas.

Aaron Saucedo, um homem de origem hispânica de 23 anos, foi acusado de 26 crimes na segunda-feira, incluindo homicídio e ataques em via pública.

Os investigadores ainda não estabelecerem um motivo por trás de seus crimes. Saucedo é acusado de estar envolvido em 12 tiroteios na região de Phoenix.

"Este caso afligiu nosso povoado há mais de um ano e deixou uma série de vítimas, incluindo mães, crianças, irmãos, irmãs e famílias que choram por seus entes queridos", declarou em uma coletiva de imprensa Jeri Williams, que dirige a polícia de Phoenix.

Os investigadores trabalharam incansavelmente para vincular Aaron Saucedo às mortes, através de pistas fornecidas pelos moradores locais.

O homem é suspeito de matar com um tiro o companheiro de sua mãe, em agosto de 2015. No ano seguinte, o motorista do ônibus abriu fogo contra vítimas aparentemente aleatórias. Ele é acusado de matar oito pessoas que não conhecia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos