Chile explora hidrogênio como alternativa aos combustíveis fósseis

Santiago, 10 Mai 2017 (AFP) - O Chile investirá 25 milhões de dólares em um projeto para experimentar o uso de hidrogênio como uma alternativa aos combustíveis fósseis, anunciou nesta quarta-feira a Corporação de Fomento da Produção (Corfo).

O projeto está voltado principalmente para o setor mineiro do Chile, o maior produtor mundial de cobre, cujas operações concentram 10% do combustível usado no país.

A ideia é que os enormes caminhões utilizados para a carga e transporte de cobre, que hoje consomem diesel, usem também o hidrogênio.

"Temos aqui uma oportunidade extraordinária de substituição dos combustíveis fósseis", indicou Eduardo Bitran, vice-presidente da Corfo, durante a apresentação do projeto em um seminário sobre o uso de hidrogênio organizado pelo governo e pela agência alemã de cooperação técnica (GIZ).

Bitran explicou que o plano prevê transformar estes caminhões, que atualmente utilizam cerca de 4.000 litros de diesel por dia, em veículos híbridos, nos quais o hidrogênio possa substituir entre 60% e 70% do combustível com que se movem.

"Aqui há uma capacidade de redução dramática da nossa pegada de carbono através da substituição do diesel que se utiliza em operações mineiras", acrescentou Bitran.

No próximo mês se fará uma licitação para as empresas que estejam interessadas em participar deste projeto, que durará três anos. O processo de industrialização do hidrogênio como combustível começaria a partir de 2021.

O custo de 25 milhões de dólares do projeto será financiado pelo governo e pelas empresas participantes.

Os equipamentos que serão utilizados para transformar o hidrogênio em um combustível 'verde' serão abastecidos por energia fotovoltaica, graças à expansão maciça da energia solar no norte chileno, onde também estão as maiores mineradoras que exploram cobre.

O governo chileno espera que o hidrogênio também possa ser utilizado como combustível para barcos de pesca e transporte público.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos