Epidemia de meningite deixa mais de 1.000 mortos na Nigéria

Abuja, 11 Mai 2017 (AFP) - Mais de 1.000 pessoas morreram desde novembro no norte da Nigéria devido ao vírus da meningite que se propagou na região, embora a epidemia já esteja sob controle, anunciou na quinta-feira o Centro nacional de vigilância de doenças (NCDC).

"Até 9 de maio de 2017 foram registrados 13.420 casos de suspeita de meningite em 23 estados do país, que causaram 1.069 mortes, 8% das pessoas infectadas", declarou o NCDC em um comunicado.

A epidemia está presente em metade dos 36 estados da Nigéria.

Os primeiros casos de infecção pelo vírus da meningite C, que apareceu pela primeira vez como epidemia na Nigéria, foram detectados em novembro no estado de Zamfara.

Depois, o vírus se propagou a outros 22 estados, até que as autoridades lançaram uma campanha maciça de vacinação.

ola-joa/spb/jlb/jz/es/db/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos