Hamas prende suposto assassino de um de seus comandantes militares

Gaza, Territórios palestinos, 11 Mai 2017 (AFP) - O novo chefe do Hamas, Ismail Haniyeh, anunciou nesta quinta-feira, na Faixa de Gaza, a prisão de um homem acusado de ter assassinado, por ordem de Israel, um de seus comandantes militares do movimento islamita palestino em março passado.

"Podemos anunciar que o assassino que executou as ordens dos oficiais dos serviços de segurança sionistas está em mãos dos serviços de segurança do Hamas", declarou Haniyeh.

O dirigente palestino se referia à misteriosa execução de Mazen Faqha, em 24 de março, na Faixa de Gaza. O movimento atribuiu o crime aos israelenses.

az-sy-lal/cmk/es/ra/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos