Brexit obrigará mudança no acordo de paz da Irlanda do Norte, diz Blair

Newtownmountkennedy, Irlanda, 12 Mai 2017 (AFP) - O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair disse nesta sexta-feira que o Brexit obrigará a modificar o Acordo de Paz de Sexta-Feira Santa de 1998 que colocou fim ao conflito da província britânica da Irlanda do Norte.

"O Acordo de Sexta-Feira Santa ou de Belfast foi formulado sob o pressuposto de que ambos os países (Irlanda e Reino Unido) eram parte da União Europeia", disse Blair em um congresso do Partido Popular Europeu em County Wicklow, na Irlanda.

"Consequentemente, a linguagem exigirá emendas", acrescentou.

A saída britânica da UE pode ter um impacto particular na Irlanda, que compartilha a fronteira terrestre com o Reino Unido, concretamente com a Irlanda do Norte, a província que foi palco de um conflito sectário entre leais a Dublin e a Londres.

A Irlanda teme que o retorno dos controles fronteiriços coloque em risco a precária harmonia na Irlanda do Norte e favoreça o retorno do conflito que deixou 3.500 mortos.

Blair, um dos arquitetos do acordo de paz, disse que é preciso evitar o retorno de uma fronteira rígida, embora "será inevitável que ocorram perturbações e, de fato, já estão ocorrendo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos