Conselho de Segurança da ONU condena teste com míssil norte-coreano

Nações Unidas, Estados Unidos, 16 Mai 2017 (AFP) - O Conselho de Segurança da ONU condenou nesta segunda-feira o lançamento de um novo míssil balístico da Coreia do Norte e pediu que sejam tomadas novas medidas, inclusive sanções, contra o "comportamento altamente desestabilizador" de Pyongyang.

Em uma declaração unânime apoiada pela China (aliada do regime norte-coreano), o Conselho destacou a importância de que a Coreia do Norte "mostre um compromisso imediato e sincero com a desnuclearização através de ações concretas".

Os membros do Conselho pediram à Coreia do Norte que "não realize mais testes nucleares e balísticos", o que parece ser uma última advertência a Pyongyang antes de aprovar uma nova série de sanções.

A aprovação do projeto de resolução apresentado pelos Estados Unidos tem lugar antes de uma reunião de urgência a portas fechadas do Conselho, convocada pelos Estados Unidos e o Japão para discutir os testes norte-coreanos.

A Coreia do Norte testou o que parece ser seu míssil balístico de mais longo alcance até o presente, do qual disse ser capaz de transportar "uma ogiva nuclear".

Pyongyang fez dois testes nucleares e dezenas de testes com mísseis desde o começo de 2016, no âmbito de seus esforços por desenvolver um míssil capaz de alcançar território americano com uma ogiva nuclear.

O Conselho de Segurança aprovou duas rodadas de sanções no ano ano passado para exercer pressão sobre Pyongyang e impedir que seu líder, Kim Jong-un, o acesso às divisas que precisa para financiar seus programas militares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos