Venezuela rejeita na ONU ingerência interna de Washington

Nações Unidas, Estados Unidos, 17 Mai 2017 (AFP) - A Venezuela rejeitou na ONU, nesta quarta-feira (17), a "ingerência" dos Estados Unidos na crise que deixou 43 mortos no país nas últimas sete semanas e garantiu que resolverá seus problemas por conta própria.

Em declaração após uma reunião do Conselho de Segurança - marcada a pedido de Washington para tratar dessa crise -, o embaixador venezuelano nas Nações Unidas, Rafael Ramírez, afirmou que a "Venezuela resolverá seus problemas internos (...) Faremos isso nós mesmos. Não aceitamos ingerência, nem tutela dos Estados Unidos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos