Cerca de 2.300 migrantes foram socorridos ao longo da costa líbia

Roma, 18 Mai 2017 (AFP) - Cerca de 2.300 migrantes foram resgatados nesta quinta-feira em 22 embarcações improvisadas ao largo da costa da Líbia, anunciou a guarda costeira italiana, que coordena o resgate nesta área.

Os migrantes, que estavam a bordo de dez pequenos barcos de madeira e 12 botes infláveis, foram resgatados por navios da guarda costeira, navios militares e navios fretados por ONGs humanitárias.

A embarcação Prudence, da Médicos Sem Fronteiras (MSF), transportava 770 pessoas nesta quinta à noite, incluindo muitas crianças. O barco Aquarius, da SOS Mediterrâneo e MSF, resgatou 560 e o Phoenix, da Moas, 360.

Desde o início do ano, a Itália registrou a chegada de mais de 45.700 migrantes em suas costas, um aumento de mais de 30% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com um relatório do ministério do Interior, que não leva em conta os migrantes resgatados nesta quinta.

Pelo menos 1.229 pessoas morreram este ano ao largo da Líbia, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), uma vítima fatal para 39 pessoas resgatadas.

Para a Itália, a chegada dos migrantes resgatados nesta quinta-feira vai representar um desafio adicional por causa das medidas de segurança adotadas para a cúpula do G7 na próxima semana em Taormina, na Sicília.

Até o final da cúpula, as autoridades proibiram as chegadas de migrantes nos portos da Sicília.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos