Empresário francês Bernard Tapie condenado a devolver 404 milhões de euros

Paris, 18 Mai 2017 (AFP) - O empresário francês Bernard Tapie foi condenado nesta quinta-feira a reembolsar os mais de 400 milhões de euros que recebeu em 2008 em uma controversa arbitragem privada para saldar o litígio sobre a venda da Adidas.

Esta condenação, pronunciada pela Corte de cassação da França é definitiva.

Em 2008, um tribunal arbitral privado que contava com o aval do ministério de Economia lhe outorgou uma indenização de 404 milhões de euros provenientes dos cofres públicas.

Mas a justiça penal anulou essa arbitragem por causa das suspeitas de fraude pela relação dissimulada entre o campo Tapie e um dos árbitros.

O litígio já foi objeto de sucessivas decisões de apelação.

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, que era na época ministra da Economia da França, foi declarada culpada de negligência por uma corte francesa em 2016 por este caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos