Prisão de imigrantes ilegais aumenta quase 38% em 100 dias de Trump

Los Angeles, 18 Mai 2017 (AFP) - Mais de 41.000 imigrantes ilegais foram presos nos Estados Unidos nos primeiros 100 dias do presidente Donald Trump no poder, um aumento de 37,6%, informou a polícia de imigração ICE.

Entre 22 de janeiro de 2017, quando assinou, dois dias depois de sua posse, um decreto para endurecer as políticas migratórias - e 29 de abril, o ICE prendeu 41.318 pessoas: cerca de 400 por dia.

No mesmo período de 2016 foram 30.028, aponta um comunicado publicado em seu site.

"Estas estatísticas refletem o compromisso do presidente Trump para executar nossas leis de imigração de maneira justa ao longo da fronteira", destacou o diretor interino do ICE, Thomas Homan.

Três quartos de todas as prisões neste período de 2017, eram pessoas com antecedentes criminais, 2.700 deles condenados por crimes como assassinato, estupro, sequestro e assalto, de acordo com ICE.

"Os oficiais e agentes do ICE receberam instruções claras para se concentrar nas ameaças à segurança nacional, o que resultou em um aumento substancial nas prisões de imigrantes ilegais condenados", disse Homan.

O ICE indica que as detenções de ilegais com antecedentes criminais aumentaram 20% em relação a 2016.

Por outro lado, o número de prisões de imigrantes ilegais sem antecedentes criminais subiu para 10.800 nestes 100 dias em 2017, 6.600 a mais do que no ano passado.

"Apesar do objetivo anunciado pelo presidente de atrás dos 'homens maus', está mirando pais de família que apenas tentam colocar comida na mesa para suas famílias", condenou Steven Choi, diretor-executivo da ONG New York Immigration Coalition.

O secretário de Segurança Nacional John Jelly disse recentemente que as autoridades não fariam exceções para qualquer imigrante indocumentado, mas que o foco são os criminosos.

Trump prometeu na campanha que o levou à presidência construir um muro gigante ao longo da fronteira com o México e deportar milhões de imigrantes ilegais.

No entanto, os números de deportações caíram 12% no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período de 2016.

jt-cat/nn/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos