Tempestade em Moscou faz 13 mortos

Moscou, 29 Mai 2017 (AFP) - Treze pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nesta segunda-feira por causa de uma tempestade que atingiu brevemente Moscou e sua região, arrancando centenas de árvores, informaram as autoridades da capital russa.

"Mais de 50 pessoas tiveram que procurar ajuda médica, incluindo crianças. Onze pessoas morreram", declarou à AFP o departamento de Saúde da cidade.

O Comitê de Investigação russo acrescentou que mais duas pessoas morreram na região de Moscou: uma menina de 11 anos e um homem de 57 anos, respectivamente, na queda de uma árvore e na de uma cerca.

"Os feridos estão sendo tratados em 10 instituições médicas" da capital, informou o departamento municipal de Saúde, acrescentando que o balanço de vítimas ainda é provisório.

"Um furacão destrutivo derrubou centenas de árvores. Tomamos todas as medidas necessárias", tuitou o prefeito de Moscou, Sergueï Sobianine.

Os ventos, que atingiram cerca de 22 metros por segundo, foram acompanhados por fortes chuvas.

A tempestade causou atrasos nos aeroportos de Moscou e o trem expresso de Vnukovo teve que interromper o seu serviço por causa de uma árvore na via.

O diretor dos serviços meteorológicos, Roman Vilfand, disse à rádio Ekho Moskvy que uma nova tempestade poderia atingir a capital à noite.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos