Sexto suspeito libertado em investigação de Manchester

Londres, 31 Mai 2017 (AFP) - A polícia de Manchester indicou que libertou nesta quarta-feira um sexto suspeito detido no âmbito da investigação sobre o atentado realizado em 22 de maio em um show pop na cidade britânica.

Dez homens permanecem detidos no Reino Unido após o atentado suicida na casa de espetáculos Manchester Arena ao fim do show da cantora americana Ariana Grande.

O ataque deixou 22 mortos, entre eles sete crianças, e 116 feridos.

O homem de 21 anos libertado na quarta-feira tinha sido detido em 24 de maio na cidade de Nuneaton, no centro da Inglaterra, a 180 quilômetros de Manchester.

"No total, 16 pessoas foram presas em conexão com a investigação, das quais seis foram libertadas sem acusações", indicou a polícia em um comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos