Alemanha encontra dispositivos de falsificação de emissões em 24.000 Audis

Berlim, 2 Jun 2017 (AFP) - Autoridades alemãs encontraram dispositivos de falsificação de emissões em 24.000 veículos da Audi na Europa, incluindo cerca de 14.000 carros na Alemanha, disse nesta quinta-feira o ministro dos Transportes, Alexander Dobrindt.

O software foi descoberto nos carros a diesel A7 e A8 Sedan com motores V6 e V8, fabricados entre 2009 e 2013, disse Dobrindt à agência de notícias alemã DPA.

"Está claro que esses veículos não podem permanecer em seu estado atual e devem ser retirados", disse.

A DPA disse que era a primeira vez que veículos Audi fraudados tinham sido encontrados na Alemanha.

Trata-se da mais recente revelação no escândalo "dieselgate" que afetou o Grupo Volkswagen, proprietário das marcas Audi, Porsche, Seat e Skoda.

Em 2015, investigadores descobriram que a Volkswagen havia instalado dispositivos para fraudar os testes de emissões em milhões dos seus veículos a diesel em todo o mundo, fazendo com que parecessem menos poluentes.

Em março passado, promotores alemães revistaram vários escritórios da Audi por suspeita de "fraude e publicidade ilegal" relacionadas ao escândalo dos motores a diesel adulterados.

Mas essa investigação se concentrou, sobretudo, na venda nos Estados Unidos entre 2009 e 2015 de 80.000 veículos do fabricante alemão equipados com um motor a diesel V6 3 litros, disseram as autoridades.

jpl-dsa/js/har/db

VOLKSWAGEN

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos