EUA promete transparência sobre armas entregues aos curdos na Síria

Washington, 2 Jun 2017 (AFP) - Os Estados Unidos serão "transparentes" com a Turquia sobre as armas entregues aos curdos na Síria para apoiar a ofensiva contra o grupo Estado Islâmico em Raqa, declarou nesta quinta-feira um porta-voz da coalizão.

Washington começou a entregar armas à milícia curda YPG, principal componente das Forças Democráticas Sírias (FDS) e que os EUA consideram seu aliado mais eficaz contra o Estado Islâmico no país.

Ancara considera as YPG como uma organização terrorista e uma ameaça a seu território.

"Somos transparentes com a Turquia sobre o que oferecemos" às milícias curdas da Síria, declarou o coronel americano Ryan Dillon, porta-voz da coalizão.

Os Estados Unidos mantêm uma base de dados com a numeração das armas entregues aos curdos, informação que será transmitida à Turquia. "Vamos compartilhar esta informação com nossos aliados".

O Pentágono anunciou na terça-feira que os Estados Unidos iniciaram a entrega de armas leves e veículos blindados aos curdos sírios.

A entrega inclui armas antitanque, necessárias para destruir os carros blindados que os jihadistas empregam regularmente contra seus inimigos, explicou Dillon.

O coronel Dillon revelou que cerca de 200 mil pessoas já abandonaram Raqa, bastião do EI e próximo alvo das FDS.

Os refugiados estão abrigados em campos e em cidades próximas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos