EUA: solicitantes de visto terão de informar identidade nas redes sociais

Washington, 2 Jun 2017 (AFP) - A partir de agora, o governo americano exigirá dos solicitantes de visto de entrada nos EUA que forneçam sua identidade nas redes sociais, entre outros métodos de triagem mais rígidos.

Uma fonte do Departamento de Estado, que pediu para não ser identificada, disse à AFP que novos procedimentos de segurança entraram em vigor em 25 de maio para viajantes considerados um risco em potencial.

Em um memorando de 6 de março, o presidente Donald Trump prometeu reforçar os controles sobre quem pode entrar no território, com o alegado objetivo de descobrir extremistas que possam representar uma ameaça ao país.

Segundo a mesma fonte, os consulados americanos agora podem exigir informação adicional aos solicitantes que considerarem que precisam de "uma verificação mais rigorosa da Segurança Nacional".

"A esses solicitantes de vistos será pedido que forneçam informação adicional, incluindo sua gestão de mídias sociais, números de passaportes anteriores, mais dados sobre membros da família e um histórico mais longo de viagens, emprego e informação de contato", completou o funcionário.

Essas mudanças "afetarão apenas uma fração do 1% dos mais de 13 milhões de solicitantes anuais de vistos de todo o mundo", acrescentou.

nr-dc/sst/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos