Homem que atacou cassino nas Filipinas aparentava ser estrangeiro

Manila, 2 Jun 2017 (AFP) - O homem armado com um fuzil que atacou um hotel-cassino de Manila e provocou um incêndio que matou ao menos 36 pessoas aparentava ser estrangeiro, informou nesta sexta-feira o chefe de polícia da capital, Oscar Albayalde.

"Parecia caucasiano, falava inglês, era alto e branco, provavelmente um estrangeiro", disse Albayalde sobre o atirador, que ateou fogo ao próprio corpo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos