Desmantelada na Grécia rede de tráfico de migrantes para a Europa

Atenas, 3 Jun 2017 (AFP) - A polícia grega anunciou neste sábado que desmantelou uma rede de tráfico de migrantes a partir da Grécia para países do norte da Europa e "prendeu 12 pessoas estrangeiras", entre elas sete membros da organização criminosa.

A operação de desmantelamento foi coordenada pelas autoridades gregas, a Europol e a polícia judicial do crime organizado do Reino Unido (NCA), indicou um comunicado.

A rede fazia os migrantes passarem para o norte da Europa através da "chamada rota dos Bálcãs", ou seja, a fronteira greco-macedônia, disse a fonte.

Esta passagem foi utilizada por milhares de migrantes em 2015, durante o grande fluxo migratório para a Europa, antes do fechamento das fronteiras dos países europeus, em março de 2016.

O preço da viagem ilegal para cada migrante varia de acordo com o país de destino: para a Suíça, França, Alemanha, Espanha e Suécia, é de entre 4.000 e 6.000 euros; para o Reino Unido, de 8.000 a 10.000; para o Canadá, de 16.000 euros.

Cerca de 60.000 migrantes e refugiados estão bloqueados na Grécia desde o fechamento das fronteiras em outros países da Europa, há pouco mais de um ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos