Vinte e um feridos do atentado de Londres em estado crítico

Londres, 4 Jun 2017 (AFP) - Vinte e uma das 48 pessoas hospitalizadas pelo atentado de Londres no sábado se encontram em estado "crítico", informou neste do domingo o Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra (NHS England).

O NHS England informou que dos 48 feridos, 36 permanecem em hospitais, incluindo o King's College Hospital, que foi visitado pela primeira-ministra Theresa May.

Além disso, a polícia explicou que os agentes precisaram da quantidade "sem precedentes" de 50 balas para matar os três autores do atentado.

"Oito oficiais deram 50 tiros", afirmou à imprensa Mark Rowley, comandante da unidade antiterrorista da polícia britânica, que considerou a quantidade como "sem precedentes".

Um civil foi atingido por um tiro da polícia, segundo Rowley, mas não se encontra em estado grave. Um agente fora de serviço também ficou ferido no atentado e "permanece no hospital", mas sua vida não corre perigo, de acordo com o comandante.

Rowley disse que a polícia está cada vez mais convencida de que o atentado foi "cometido por três indivíduos" e que não há cúmplices que fugiram do local.

Três homens atropelaram com uma van os transeuntes na famosa London Bridge, antes de descer do veículo e esfaquear várias pessoas no Borough Market, em uma área de bares e restaurantes ao redor de um mercado.

O ataque deixou sete mortos, além dos agressores, e 48 feridos que foram levados para hospitais. Trinta e seis continuam internados, 21 deles em estado grave.

pn-al/age/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos