Canadá quer aumentar gastos com armamento

Ottawa, 7 Jun 2017 (AFP) - O Canadá informou nesta quarta-feira que pretende duplicar nos próximos dez anos os gastos com armamento e com outros meios de defesa, incluindo aviões de combate e navios de guerra.

O objetivo é aumentar nos próximos dez anos o orçamento militar para 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB), contra o atual 1%, informou o ministro da Defesa Harjit Sajjan.

O nível de gastos militares do Canadá é um dos mais baixos dos membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), longe da exigência de 2% formulada pelo presidente americano, Donald Trump, na última cúpula da aliança no final de maio.

O Canadá pretende dedicar nos próximos 10 anos cerca de 33 bilhões de dólares canadenses (cerca de US$ 25 bilhões) a armas e equipamentos militares, contra os 18,9 bilhões na atualidade.

Com meios mais importantes e materiais mais modernos, o Canadá pretende fortalecer sua defesa interna, na América do Norte e garantir suas "responsabilidades como sócio confiável no mundo" na Otan, explicou Harjit Sajjan durante uma coletiva de imprensa em Ottawa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos