Trump fala com emir do Catar em meio a crise regional

Washington, 7 Jun 2017 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, falou nesta quarta-feira com o emir do Catar e ofereceu mediação americana na crise que divide aliados de Washington eque empurra potências regionais rumo ao confronto.

"O presidente ofereceu ajuda para que as partes resolvam suas diferenças; inclusive com uma reunião na Casa Branca se for necessário", informou a própria Casa Branca.

Trump falou com o xeque Tamim bin Hamad Al-Thani, enquanto o Catar enfrenta o bloqueio econômico e diplomático dos países do Golfo, liderados por Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

Os vizinhos do Catar acusam Doha de apoiar os grupos extremistas, seus vínculos com o Irã e o financiamento da rede Al Jazeera, que frequentemente critica os governos do Golfo.

A conversa acontece um dia depois de Trump parecer apoiar um bloqueio da Arábia Saudita ao Catar, onde estão 10.000 efetivos americanos.

O Catar confirmou o telefonema, dizendo que Trump "expressou sua disposição para encontrar uma solução para a crise diplomática no Golfo e destacou seu desejo de que se mantenha a estabilidade no Golfo".

Os assessores de Trump ressaltaram a necessidade de que o Catar e "todos os países da região trabalhem juntos para impedir o financiamento de organizações terroristas e ponham fim à promoção da ideologia extremista".

Com as especulações de que a Arábia Saudita possa tentar derrubar o governo catari, o Parlamento turco concordou em deslocar tropas para a defesa do Emirado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos