Comey: pedidos de Trump sobre investigação russa eram 'muito perturbadores'

Washington, 8 Jun 2017 (AFP) - O ex-chefe do FBI James Comey considerou nesta quinta-feira perante o Senado que os pedidos do presidente Donald Trump relativos à investigação sobre o papel da Rússia nas eleições americanas foram "muito perturbadores".

Contudo, ele afirmou não ser papel seu determinar se o presidente republicano obstruiu a Justiça, admitindo que o mesmo nunca pediu que o processo fosse parado.

O ex-diretor acusou a administração de Donald Trump, que o demitiu no início de maio, de tê-lo "difamado" com "mentiras pura e simples".

ico-are/vog/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos