Procuradora venezuelana pede anulação da Constituinte de Maduro

Caracas, 8 Jun 2017 (AFP) - A procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega, anunciou nesta quinta-feira (8) que apresentou um recurso pela anulação da Assembleia Constituinte convocada pelo presidente Nicolás Maduro, alegando que fere a democracia e a soberania popular.

"Esse recurso que estou tentando é para defender a soberania popular, para defender a Constituição, para defender a democracia participativa e protagônica, para defender os venezuelanos, porque, aqui, o que está em jogo é o país", disse a procuradora-geral aos jornalistas, próximo ao Tribunal Supremo de Justiça (TSJ).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos