Mulher é presa após ficar nua diante do Muro das Lamentações

Jerusalém, 11 Jun 2017 (AFP) - A polícia israelense prendeu neste domingo uma mulher que estava completamente nua diante do Muro das Lamentações, o local mais sagrado da religião judaica, em Jerusalém, segundo informações da polícia.

A mulher, uma israelense de 23 anos, tirou a roupa no início da tarde nesse local de oração, no espaço reservado às mulheres, de acordo com o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

O porta-voz contou que os policiais que estavam no local a cobriram imediatamente com chales e panos, com intuito de "evitar um acidente mais grave" com os judeus que ali estavam.

"Pelo que sei, é a primeira vez que uma mulher fica nua diante do Muro das Lamentações", ressaltou.

Rosenfeld confirmou que a mulher iria ser submetida a exame psicológico para compreender melhor o que a teria feito agir assim.

jlr/vl/jvb/ra/bn/

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos