Colômbia: Farc completa entrega de 60% de suas armas à ONU

Bogotá, 17 Jun 2017 (AFP) - As Farc completaram nesta sexta-feira a entrega de 60% de suas armas à missão da ONU na Colômbia, como parte do processo de desarmamento previsto no acordo de paz entre o governo e a guerrilha, informou o organismo internacional.

"Ao concluir esta segunda fase do processo de entrega das armas, a Missão tem sob sua custódia 60% das cerca de 7 mil armas registradas, monitoradas e verificadas desde 1º de março passado", destacou as Nações Unidas em um comunicado.

A segunda fase do desarmamento começou na terça-feira passada, com a entrega das armas nas 26 zonas onde estão concentrados os guerrilheiros, que receberam "certificados", algo fundamental para a reintegração à legalidade e à vida civil.

O processo de desarmamento deverá ser concluído no dia 20 de junho, com a entrega dos 40% de armas restantes.

A missão da ONU também assinalou a chegada de 1.613 membros das Farc às zonas de concentração, e progressos nas "operações de extração de armamento e explosivos" em depósitos ocultos do grupo rebelde.

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), principal e mais antiga guerrilha do continente, tem mais de 900 depósitos de armas, que deverão ser localizados e destruídos pela ONU até 1º de setembro, segundo o pacto de paz firmado em novembro passado, em Cuba.

O acordo de paz prevê que as armas das Farc sejam utilizadas para elaborar três monumentos, que serão colocados na sede da ONU em Nova York, em Cuba e na Colômbia.

O conflito armado de mais de 50 anos envolveu guerrilheiros, paramilitares e as forças policiais e militares, deixando mais de 260 mil mortos, 60 mil desaparecidos e 7,1 milhões de deslocados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos