Valls anuncia vitória nas legislativas e sua adversária diz que recorrerá

Paris, 18 Jun 2017 (AFP) - O ex-primeiro-ministro socialista Manuel Valls anunciou neste domingo sua reeleição como deputado em sua circunscrição eleitoral Essonne, na região de Paris, por somente 139 votos, uma vitória questionada por sua oponente, que anunciou que apresentará um recurso.

Valls, nascido em Barcelona, foi reeleito com 50,3% dos votos, segundo anunciou da prefeitura de Evry, cidade da qual foi prefeito, em meio a gritos de protesto de vários eleitores que pediam a anulação da votação.

"Com a prudência que se impõe, essa noite fui eleito com 50,3%", declarou à imprensa.

Sua opositora, Farida Amrani, do movimento de esquerda radical França Insubmissa, também reivindicou a vitória e anunciou que apresentará um recurso nesta segunda-feira por medio de seus advogados.

"Como candidata, pude constatar irregularidades em algumas zonas eleitorais, e sobretudo em uma", afirmou Amrani. "Não reconhecemos a vitória do ex-primeiro-ministro", acrescentou.

Se sua eleição for confirmada, Valls, de 54 anos, seria um dos poucos ministros do quinquênio do socialista François Hollande a conservar seu assento na Assembleia Nacional. Em caso de derrota, encerraria um ano fatídico, que frearia sua carrera política.

Manuel Valls sofreu um duro revés no segundo turno das eleições primárias ao ser derrotado por cerca de 20 pontos por seu ex-ministro Benoît Hamon, da ala esquerda do Partido Socialista.

bur-meb/jvb/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos