Putin nomeia novo embaixador na Turquia após assassinato de predecessor

Moscou, 19 Jun 2017 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, nomeou nesta segunda-feira o novo embaixador para a Turquia, que vai substituir o diplomata que foi morto em dezembro passado em Ancara.

"Alexei Vladimirovich Ierkhov foi nomeado embaixador da Rússia na Turquia", de acordo com um decreto presidencial publicado pelo Kremlin nesta segunda-feira.

O diplomata russo de 57 anos foi conselheiro na embaixada da Turquia em Damasco e cônsul de Istmbul de 2009 a 2015.

Depois de ser diretor do Centro de Crise do Ministério das Relações Exteriores russo, seu candidatou para o Comitê de Relações Exteriores da Duma (câmara baixa do Parlamento russo).

Em 19 de dezembro, o então embaixador russo Andrei Karlov, que tinha 62 anos, foi assassinado a tiros por um policial turco de 22 anos, quando inaugurava uma exposição em Ancara.

O assassinato, que ocorreu diante de vários jornalistas, coincidiu com uma melhoria das relações entre Ancara e Moscou, que denunciou uma "provocação" para sabotar esta aproximação.

O policial, que foi morto pelas forças de segurança, gritou "Allah Akbar" (Deus é grande) e disse que queria vingar a cidade síria de Aleppo.

Embora estas declarações pareçam ligar o assassinato à situação na Síria, onde a Rússia apoia militarmente o presidente Bashar al-Assad, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que o assassino era ligado a rede do pregador islâmico Fethullah Gülen, que o regime acusa de estar por trás do golpe fracassado de 15 julho de 2016.

Por sua parte, a Rússia denunciou um "ato terrorista covarde e ignóbil" e concedeu ao diplomata o título póstumo de Herói da Rússia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos