Casa de homem que tentou atacar a polícia em Paris tinha "arsenal"

Paris, 20 Jun 2017 (AFP) - Um "arsenal" foi apreendido na residência do homem de 31 anos morto na segunda-feira durante uma tentativa frustrada de ataque na avenida Champs-Elysées de Paris, anunciou uma fonte próxima à investigação.

Adam Djaziri, fichado desde 2015 por participar em grupos islamitas radicais, possuía ao menos nove armas, incluindo duas pistolas e um fuzil Kalashnikov, segundo a fonte.

A descoberta do arsenal foi divulgada depois de o primeiro-ministro francês Edouard Philippe ter lamentado que Djaziri tinha permissão de porte de armas, apesar de ter sido fichado por suas afinidades islamistas.

"Ninguém pode estar satisfeito com isso, eu certamente não estou", afirmou o chefe de Governo à rádio RMC.

Djaziri avançou na segunda-feira com seu carro contra um veículo da polícia na turística avenida Champs-Elysées e morreu em um incidente classificado pelas autoridades como "tentativa de atentado".

Dentro do veículo, as autoridades encontraram botijões de gás, pistolas e fuzil Kalashnikov. Nenhuma outra pessoa ficou ferida na tentativa de ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos