Caça da Otan se aproxima de avião do ministro russo da Defesa

Moscou, 21 Jun 2017 (AFP) - Um caça F-16 da Otan se aproximou nesta quarta-feira do avião do ministro russo da Defesa Serguei Shoigu, quando sobrevoava o mar Báltico, afirmaram jornalistas russos presentes a bordo.

De acordo com jornalistas das principais agências de notícias russas, aviões da Aliança Atlântica tentaram escoltar o avião do ministro, e um deles tentou se aproximar, mas o Su-27 que serve de escolta obrigou-o a se afastar.

"O Su-27 mostrou (o caça) da Otan que estava armado mudando de rumo. Depois disso, o F-16 da Otan se afastou", explicou um jornalista da Interfax, que viajava a bordo da aeronave ministerial.

Contactado pela AFP, o ministério da Defesa não respondeu aos pedidos de comentários.

Shoigu viajava para Kaliningrado, território russo no Mar Báltico entre a Polônia e a Lituânia, para participar de uma reunião do ministério da Defesa, de acordo com o porta-voz do Exército Igor Konashenkov, citado pela agência TASS.

Kaliningrado, enclave fortemente militarizado onde a Rússia tem várias bases militares e uma base naval, é frequentemente palco de incidentes entre os aviões da Otan e da aviação russa, que se acusam mutuamente de provocações.

A Aliança Atlântica está implantando quatro batalhões multinacionais na Polônia e nos países bálticos, que temem um hipotético ataque russo.

Aos olhos de Moscou, o aumento das forças da Otan na região mostra uma vontade de cercar a Rússia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos