Mais de 400 migrantes resgatados no mar no sul da Espanha em dois dias

Madri, 22 Jun 2017 (AFP) - Mais de 400 migrantes que tentavam chegar ao sul da Espanha por mar foram resgatados nos últimos dois dias, anunciou o serviço de salvamento marítimo.

A guarda costeira espanhola auxiliou 16 embarcações rudimentares que se dirigiam à Espanha pelo mar de Alborão, ao norte da Argélia e do Marrocos.

Os migrantes foram resgatados diante da costa do estreito de Gibraltar, de Andaluzia e de Murcia.

A grande maioria dos resgatados foram levados até portos andaluzes. O porto de Almería recebeu 180 migrantes.

A operação de resgate foi dirigida em conjunto pelo Salvamento Marítimo, a força aérea e a Guarda Civil, com a ajuda de vários barcos que navegavam pela zona.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), cerca de 3.300 pessoas chegaram à Espanha por mar entre 1º de janeiro e 30 de abril de 2017, e ao menos 59 morreram na travessia.

Este número representa o triplo do mesmo período no ano anterior, o que parece indicar que a "rota espanhola" de acesso à União Europeia está sendo muito mais utilizada.

O número de chegadas continua sendo superior na Itália, onde entraram quase 69.000 pessoas entre 1º de janeiro e 18 de junho deste ano. Além disso, foram registradas 1.889 mortes.

Na Grécia, a OIM contabilizou mais de 8.000 chegadas e 37 mortos no mar Egeu.

Calcula-se que de 1º de janeiro a 18 de junho 81.292 pessoas chegaram à Europa por mar, um número muito menor que o do ano anterior no mesmo período (mais de 215.000), segundo a OIM.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos