ONU oferece ajuda para mediar crise dos países árabes com Catar

Nações Unidas, Estados Unidos, 23 Jun 2017 (AFP) - A ONU ofereceu, nesta sexta-feira (23), sua ajuda para resolver a crescente crise no Golfo Pérsico, depois que o Catar recebeu uma lista de demandas dos países vizinhos, incluindo o pedido de fechamento de sua emissora de televisão Al-Jazeera.

No início da semana, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, disse que o Kuwait era o mais adequado para conduzir os esforços para amenizar a crise.

As tensões escalaram depois que Bahrein, Egito, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos apresentaram ao Catar uma lista de reivindicações.

Entre elas, além do fechamento da Al-Jazeera, está reduzir o nível de sua relação diplomática com o Irã e fechar uma base militar turca no emirado. A lista foi vazada para a imprensa, mas não confirmada oficialmente.

"Espero que os países envolvidos resolvam a situação pelo diálogo", disse a porta-voz da ONU Eri Kaneko.

"Estamos prontos para ajudar, se as partes pedirem", acrescentou.

"Continuamos acompanhando a situação com profunda preocupação. Estamos a par de listas de demandas em relação ao Catar. Não estamos em condições de comentar detalhes sobre isso, ou de confirmar tal lista", acrescentou Kaneko.

O ministro das Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos, Anwar Gargash, advertiu que o Catar deveria levar a sério essas demandas, ou enfrentar o "divórcio" com seus vizinhos do Golfo.

O Catar é membro do Conselho de Cooperação do Golfo junto com Bahrein, Kuwait, Omã, Arábia Saudita e Emirados Árabes.

Em 5 de junho, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos lideraram uma ruptura de todos os seus vínculos com o Catar, alegando que apoia o grupo Estado Islâmico (EI) e sua proximidade com Teerã. Outros aliados, como Bahrein e Egito, acompanharam a decisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos