Expectativa na Argentina por provável candidatura de Kirchner às legislativas

Buenos Aires, 24 Jun 2017 (AFP) - A eventual candidatura da ex-presidente Cristina Kirchner, indiscutível líder da oposição, às cruciais eleições legislativas - que renovarão metade da Câmara e um terço do Senado - gera muita expectativa na Argentina, já que o prazo para apresentar os candidatos vence neste sábado à meia-noite.

O presidente Mauricio Macri aspira conquistar uma maioria parlamentar em 23 de outubro, no que será o seu primeiro desafio eleitoral após um ano e meio de mandato em um país que apenas dá sinais de começar a sair do quadro recessivo.

Mas a poucas horas do limite para apresentar os candidatos, a maior incógnita é se a aliança do governo 'Cambiemos' terá que lidar com Kirchner, dirigente que desperta paixões e esteve onipresente desde que deixou a presidência.

Kirchner, 64 anos, que acaba de lançar a nova frente de centro-esquerda 'Unidad Ciudadana' para enfrentar o governo, mantém o suspense até o último minuto, fazendo com que outras forças demorem a definir os seus postulantes.

Nas eleições de outubro, será fundamental o que acontecerá na província de Buenos Aires, maior distrito com um terço do colégio eleitoral.

Tudo indica que Kirchner finalmente se apresentará para uma cadeira no Senado, cargo que já ocupou entre 2001 e 2007, e será o nome forte da oposição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos