PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Antonio Palocci condenado a 12 anos de prisão por corrupção

26/06/2017 09h49

Brasília, 26 Jun 2017 (AFP) - O ex-ministro Antonio Palocci, dos governos de Lula e Dilma Rousseff, foi condenado nesta segunda-feira a 12 anos e dois meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do Petrolão.

Palocci, detido desde setembro passado, foi considerado culpado por acertar "propinas entre o grupo Odebrecht e agentes do Partido dos Trabalhadores", segundo a sentença, que detalha que o ex-ministro participou do pagamento ilegal e posterior lavagem de mais 10 milhões de dólares para financiar campanhas políticas.

Internacional