Kingsley Coman será julgado por agredir ex-namorada

Melun, França, 27 Jun 2017 (AFP) - O atacante francês Kingsley Coman será julgado por violência de gênero contra sua ex-namorada, um episódio que o jogador admitiu em seu comparecimento diante da justiça francesa, neste segunda-feira em Paris, informaram fontes próximas ao caso.

O jogador do Bayern de Munique foi detido na segunda-feira em Chessy, perto de Paris, informou à AFP a promotoria de Meaux, confirmando uma informação dado pela rádio Europe 1.

Segundo os primeiros indícios, Coman e sua ex-namorada brigaram por um contrato publicitário. De acordo com uma fonte próxima ao caso, foi o próprio jogador que chamou a polícia para denunciar a briga.

"Na chegada dos policiais, sua ex-namorada afirmou ter sido agredida", completou a fonte.

grd-tll/am

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos