Líder da extrema-direita francesa acusada de abuso de confiança

Paris, 30 Jun 2017 (AFP) - A líder do partido de extrema-direita francês Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, foi acusada nesta sexta-feira de abuso de confinaça pelo susposto desvio de milhões de euros do Europarlamento destinados a pagar assistentes parlamentares, informou seu advogado à AFP.

Os magistrados que investigam o caso a interrogaram e, como estava previsto, a acusaram, explicou Rodolphe Bosselut.

O advogado de defesa informou que Le Pen apelará da acusação.

sde-bl/cb/gj/adm/jz/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos