Piñera ganha primárias da direita no Chile; Sánchez as da esquerda radical

Santiago, 3 Jul 2017 (AFP) - O ex-presidente do Chile Sebastián Piñera venceu neste domingo com uma ampla maioria as primárias da direita para as presidenciais de novembro, enquanto a jornalista Beatriz Sánchez também ganhou com folga na esquerda radical.

Com 64,83% das urnas apuradas, Piñera obteve 57,11% dos votos, contra 13,90% do deputado Felipe Kast e 28,98% do senador Manuel José Ossandón. Sánchez venceu com 68,64% o sociólogo Alberto Mayol (31,36%), de acordo com os dados do Serviço Eleitoral.

A coalizão governista de centro-esquerda se excluiu das primárias, para disputar diretamente no primeiro turno das presidenciais de 19 de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos