Procuradora-Geral venezuelana pede que Parlamento lute pela democracia

Caracas, 3 Jul 2017 (AFP) - A Procuradora-Geral venezuelana, Luisa Ortega, pediu ao Parlamento que lute pela democracia, em um discurso inédito pronunciado nesta segunda-feira ante a maioria opositora do legislativo.

"Vamos lutar pela democracia. Não importa que pensem diferente de nós, devemos condenar a violência venha de onde vier", afirmou Ortega em sua breve intervenção.

Ela também pediu que se faça "grandes esforços para que as vias institucionais e eleitorais sejam retomadas (...) para acabar o mais rápido possível com a violência e evitar mais mortos".

Em três meses de protestos opositores, foram registradas 89 mortes.

A Procuradora-Geral, que compareceu ante o Congresso para prestar contas de sua gestão em 2016, foi recebida com aplausos dos opositores e de seu marido, Germán Ferrer, o único parlamentar chavista presente na sessão.

No debate, o bloco opositor ratificou a designação do vice-Procurador Rafael González por parte de Ortega, uma decisão que havia sido invalidada pelo Tribunal Supremo de Justiça.

Nessa sessão, o governo venezuelano deu um novo passo em sua ofensiva contra a Luisa Ortega, que enfrenta agora uma auditoria por supostas irregularidades administrativas.

A inspeção do Ministerio Público foi anunciada pelo controlador-geral, de linha chavista, Manuel Galindo, no momento em que Ortega acompanhava uma sessão no Parlamento.

Ortega declarou que seu gabinete está aberto a revisão de todas as contas, desde que seja feito de forma respeitosa.

A decisão do controlador aperta ainda mais o cerco sobre Ortega, que se distanciou do governo há três meses depois de anos de fidelidade ao chavismo, por considerar que o presidente Nicolás Maduro feriu a Constituição.

A Procuradora-Geral deverá comparecer nesta terça ante uma audiência no Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), acusado de servir ao governo e que avaliará um pedido de Caracas para que Ortega seja julgada por supostas faltas no cargo, a fim de ser destituída.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos