Atentado mata 14 civis no extremo norte de Camarões

Yaoundé, Camarões, 13 Jul 2017 (AFP) - Ao menos 14 civis morreram e 30 ficaram feridos na quarta-feira à noite em um atentado em Waza, extremo norte de Camarões.

A região é cenário frequente de ataques atribuídos ao grupo extremista nigeriano Boko Haram.

"O balanço do atentado é grande: 16 mortos (14 civis e dois homens-bomba) e 30 feridos", afirmou, sob anonimato, uma fonte do governo de Waza, perto da fronteira com a Nigéria.

A fonte afirmou que os homens-bomba entraram em um local de grande movimento, com restaurantes e bares, e detonaram as cargas explosivas às 22H30 (18H30 de Brasília).

"A situação de alguns feridos é bastante grave", disse, antes de informar que muitos foram transferidos para a cidade de Mora.

"A cidade (Waza) está isolada (pelas forças de segurança). Ninguém entra ou sai", afirmou.

Os atentados atribuídos ao Boko Haram no norte de Camarões aumentam o isolamento da região, que no passado era muito procurada por turistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos