Militante chinês anticorrupção é libertado

Pequim, 15 Jul 2017 (AFP) - O professor universitário e militante anticorrupção chinês Xu Zhiyong, fundador de um movimento que pede mais transparência sobre o patrimônio dos dirigentes políticos, foi colocado em liberdade neste sábado, depois de quatro anos de prisão, informaram as autoridades.

O militante de 44 anos foi detido em julho de 2013. Foi condenado no início de 2014 a quatro anos de prisão por "associação ilegal com o objetivo de perturbar a ordem pública".

Advogado, Xu Zhiyong defende uma mobilização cidadã contra a corrupção e a favor de uma transparência maior sobre o patrimônio dos altos funcionários, um tema muito sensível na China.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos