Montenegro pede ajuda para combater incêndios florestais

Podgorica, Montenegro, 18 Jul 2017 (AFP) - Montenegro lançou nesta segunda-feira um pedido de ajuda internacional para combater os incêndios florestais que atingem a península de Lustica, sobre a costa adriática, enquanto as chamas avançam na vizinha Croácia até os subúrbios de Split.

A situação em Lustica é crítica e o ministério do Interior de Montenegro informou que apelou ao mecanismo de defesa civil da União Europeia para receber ajuda para combater os incêndios.

Os prefeitos das cidades costeiras de Kotor, Tivat e Herceg Novi pediram aos governos dos países vizinhos - Croácia, Bósnia e Sérvia - que enviem aviões-tanque.

Bombeiros, militares e voluntários combatem os incêndios desde o domingo passado, e nesta segunda-feira chegaram os aviões-tanque, segundo o ministério do Interior.

Mais ao norte, os incêndios atingiram os subúrbios de Split, segunda cidade da costa adriática, onde um shopping foi evacuado e vários automóveis pegaram fogo, revelou a imprensa local.

O lixão de Split está em chamas, informou a TV estatal HRT, acrescentando que a cidade ficou coberta por uma densa fumaça negra.

Uma dúzia de incêndios segue, pelo segundo dia consecutivo, atingindo os povoados vizinhos de Split, onde várias casas estão destruídas.

Ao menos 400 bombeiros tentam deter as chamas, ajudados por cerca de 100 militares e aviões-tanque.

"A situação atual é apocalíptica, o fogo atingiu uma vasta zona, tudo foi reduzido a cinzas", disse um responsável do condado de Split, Blazenko Boban.

Até o momento se desconhece a origem dos incêndios.

str-ljv/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos