Rio obtém um reforço de 1.000 agentes para conter onda de violência

Rio de Janeiro, 21 Jul 2017 (AFP) - O governo brasileiro anunciou nesta quinta-feira o envio de mil agentes para reforçar a segurança no Rio de Janeiro, diante do aumento da violência na cidade.

O ministro de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, informou em entrevista coletiva que foram enviados ao Rio 620 homens da Força Nacional e 380 da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A PRF deverá se concentrar no aumento dos roubos de carga. A situação chegou a um ponto tão crítico que a federação nacional de empresas de transporte ameaçou nesta quarta-feira em deixar de prestar serviços na cidade.

O reforço do controle nas rodovias também pretende reduzir a circulação de armas que alimenta o tráfico de drogas.

Na manhã desta quinta-feira, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, participou de uma reunião em Brasília com o presidente Michel Temer para tentar encontrar soluções para a crise do estado.

"Estamos trabalhando no plano de segurança pública e concentrados na redução de criminalidade no Rio. É um plano de longo prazo para reduzir a criminalidade no Rio", disse Etchegoyen.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos