Morrem três israelenses esfaqueados em colônia da Cisjordânia

Jerusalém, 21 Jul 2017 (AFP) - Um agressor entrou, nesta sexta-feira, em uma colônia da Cisjordânia ocupada, onde matou três civis israelenses a facadas e feriu outro, informou o Exército em um comunicado.

Ele entrou em uma casa da colônia de Neve Tsuf, ao noroeste de Ramallah, afirmou o Exército, que não deu mais detalhes sobre a sua identidade.

O ataque aconteceu um dia depois dos confrontos em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia entre as forças de segurança israelenses e manifestantes palestinos, deixando pelo menos três mortos palestinos e centenas de feridos.

As tensões aumentaram na última semana, quando um ataque matou dois policiais israelenses em 14 de julho na Cidade Velha de Jerusalém.

Israel, que assegura que as armas dos agressores foram escondidas na Esplanada das Mesquitas, decidiu instalar detectores de metal nas entradas do espaço, que é o terceiro lugar santo do Islã, e venerado pelos judeus como Monte do Templo, local mais sagrado do Judaísmo.

A medida enfureceu os palestinos. O presidente Mahmud Abbas anunciou nesta sexta-feira à noite que os contatos com Israel ficarão "congelados" até que o Estado hebreu suspenda essas medidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos