Conferência sobre a aids de Paris pede que EUA mantenham ajuda financeira

Paris, 23 Jul 2017 (AFP) - Os organizadores da conferência internacional sobre a pesquisa de aids, que começa neste domingo em Paris, pediram aos Estados Unidos, maior contribuinte na luta contra a epidemia, que "continuem comprometidos" com a ajuda financeira.

"Os americanos representam um financiamento essencial neste campo e precisamos que continuem comprometidos", declarou à imprensa Linda-Gail Bekker, pesquisadora do centro Desmond Tutu sobre a aids na África do Sul e presidente da Sociedade Internacional da Aids.

Caso contrário, haverá mais mortes e um aumento dos contágios, alertou.

Cerca de 6.000 especialistas em aids se reúnem a partir deste domingo e até quarta-feira em Paris para avaliar os avanços na luta contra a pandemia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos