China reforça tropas na fronteira com Índia

Pequim, 24 Jul 2017 (AFP) - A China anunciou, nesta segunda-feira (24), que reforçará sua presença militar na fronteira indiana, onde os Exércitos de ambos os países se mantêm em estado de alerta.

Em meados de junho, a Índia enviou soldados para um setor da fronteira entre os dois territórios e o Butão para bloquear a construção de uma estrada por parte do Exército chinês. A região é reivindicada tanto por Pequim quanto por Nova Délhi.

Desde então, os militares indianos e chineses assumiram posições a apenas alguns metros de distância, segundo a imprensa indiana.

"As tropas fronteiriças chinesas tomaram medidas de emergência e, nessa zona, reforçarão sua mobilização e seu treinamento", declarou à imprensa o porta-voz do Ministério chinês da Defesa, Wu Qian, pedindo à Índia que retire suas tropas.

Nova Délhi e Pequim divergem sobre o traçado de suas fronteiras, em particular no estado indiano de Arunachal Pradesh (ao leste), uma região integrada ao território indiano durante a colonização britânica. O governo chinês reivindica sua soberania.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos