Segurança israelense mata dois jordanianos durante ataque em Amã

Jerusalém, 24 Jul 2017 (AFP) - Um segurança israelense da embaixada de Israel em Amã foi atacado por um jordaniano em sua residência e respondeu a tiros, matando um terceiro homem por acidente - informou o Ministério israelense das Relações Exteriores.

O incidente aconteceu no domingo à noite (23), quando um trabalhador jordaniano que estava na casa do israelense para instalar móveis tentou matá-lo com uma chave de fenda.

O guarda atirou e também acertou o proprietário do apartamento, presente no local. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu, relatou o Ministério.

O governo da Jordânia confirmou a ocorrência de um tiroteio dentro das instalações da embaixada de Israel em Amã, durante o qual dois jordanianos morreram.

Ainda não está claro se o caso tem relação com as tensões dos últimos dias entre israelenses e palestinos, decorrentes das novas medidas de segurança impostas por Israel aos palestinos que forem à Esplanada das Mesquitas - um dos lugares santos do Islã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos