Homem ataca policial a faca em Melilla aos gritos de 'Alá é maior'

Madri, 25 Jul 2017 (AFP) - Aos gritos de "Alá é maior", um homem cruzou correndo a fronteira entre Marrocos e Melilla, encrave espanhol nesse país africano, e feriu um policial nesta terça-feira pela manhã (25) - informou um porta-voz da Polícia espanhola.

"A Polícia prendeu um homem que atacou os agentes com uma faca na passagem fronteiriça de Beni Enzar, um deles ferido leve", tuitou o ministro espanhol do Interior, Juan Ignacio Zoido.

Segundo uma porta-voz da delegação do governo em Melilla, o agressor tinha "uma faca de grande dimensão" e seria marroquino.

Terceiro destino turístico mundial, a Espanha se mantém relativamente à margem da onda de atentados do Estado Islâmico em grandes cidades europeias, como Paris, Bruxelas e Berlim.

Em 11 de março de 2004, porém, sofreu os mais letais atentados extremistas cometidos na Europa, quando várias bombas explodiram em vários trens de Madri, deixando 191 mortos. Os ataques foram reivindicados em nome da Al-Qaeda por uma célula islamita radical.

Há dois anos, o país se encontra no nível quatro de alerta antiterrorista. A escala vai até cinco.

Em 2016, 69 pessoas foram detidas no âmbito da luta contra o terrorismo islamita. Em 2017, já são mais de 35, segundo balanço do Ministério do Interior publicado em sua página on-line em 2 de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos