Milhares de canadenses voltam às suas casas após incêndios

Ottawa, 25 Jul 2017 (AFP) - Cerca da metade das mais de 40.000 pessoas que foram evacuadas pela onda de incêndios que atingiu o oeste do Canadá foram autorizadas a retornar às suas casas, enquanto o governo prometeu nesta terça-feira uma ajuda de emergência.

Os incêndios florestais afetaram por cerca de três semanas a província de Colúmbia Britânica, da fronteira do estado de Washington até o sul do Alasca, no norte. Cerca de 46.000 pessoas foram forçadas a se deslocar.

Uma parte dos deslocados voltou para casa no final da semana passada, e os serviços de emergência da província estão agora dando autorização para que a maioria dos evacuados possa voltar.

"Tenham a certeza de que ajudaremos os moradores da Colúmbia Britânica quando eles começarem a reconstruir", disse o primeiro-ministro, Justin Trudeau, ao prometer a ajuda federal para desastres.

Mais de 150 incêndios continuavam ativos na terça-feira, e cerca de 100 deles ainda não tinha sido controlados pelos 3.500 bombeiros mobilizados na província da costa do Pacífico. Na semana passada se prolongou o estado de emergência, declarado em 7 de julho.

Desde abril, mais de 700 incêndios destruíram 3.730 quilômetros de terra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos