Síria: aliança curdo-árabe reconquista metade da cidade de Raqa (OSDH)

Beirute, 26 Jul 2017 (AFP) - A aliança curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos tomou do grupo extremista Estado Islâmico (EI) a metade de Raqa, seu reduto no norte da Síria, menos de dois meses depois de ter entrado na cidade, segundo uma ONG.

"As Forças Democráticas Sírias controlam 50% da cidade de Raqa apesar da feroz resistência apresentada pelo EI", declarou o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahman.

As SDF penetraram em Raqa no dia 6 de junho, após vários meses expulsando os extremistas de aldeias desta cidade do norte do país.

Desde então as SDF têm avançado pouco a pouco, cercando o centro da cidade.

O ataque das SDF foi apoiado por bombardeios, assessoria, equipes e armas da coalizão liderada pelos Estados Unidos que combate os extremistas na Síria e no Iraque.

O grupo EI, contudo, apresentou uma forte resistência recorrendo a carros-bomba, ataques-suicida e drones armados.

O grupo EI se apoderou de Raqa no começo de 2014. Desde então, o grupo extremista fez numerosas execuções públicas e acredita-se que dali tenha planejado ataques no exterior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos